quinta-feira, 1 de novembro de 2012

NOVEMBRO: MÊS DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA

A partir desta quinta-feira, 1° de novembro, começa a segunda etapa anual de vacinação contra a Febre Aftosa. Em Petrópolis, a estimativa é que existam mais de 5 mil bovinos e bubalinos (búfalos) que devem ser vacinados pelos 109 produtores do município. A vacina custa, em média, R$ 1,60 a dose, e pode ser adquirida em lojas registradas.

Até o dia 30 de novembro, todos os animais com até 24 meses de idade deverão ser vacinados. Em maio do próximo ano, o produtor deverá vacinar novamente todos os animais, em qualquer idade.

O Secretário de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Agricultura (STA), Leonardo Faver, salienta que o valor da vacina não chega a 0,5% do custo no animal, “além do impacto econômico que pode gerar para todo o país, caso o bovino seja infectado”, e destaca: "É dever do produtor a vacinação e uma responsabilidade com toda a coletividade".

O produtor deve guardar a Nota Fiscal da compra da vacina, como forma de comprovante que o animal foi vacinado, e apresentar junto com a declaração de vacina, no Núcleo de Defesa Agropecuária de Petrópolis, que fica no Shopping 2000, localizado à Estrada União e Indústria, nº 11.590 – Itaipava.

A febre aftosa é uma doença contagiosa que se dissemina rapidamente. Os sintomas nos animais aparecem na forma de febre, aftas na boca, nas tetas e entre as unhas, além do isolamento. Os bovinos e bubalinos babam muito, mancam, arrepiam o pelo e param de beber e comer. Caso o produtor desconfie da doença, deve, obrigatoriamente, solicitar uma visita do Serviço de Defesa Sanitária Animal, que funciona no núcleo. Quando um animal é contaminado, todo o rebanho deve ser sacrificado, causando perda tanto para os produtores, quanto para a economia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário